quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

A descoberta de Iara


Um suave cheiro de flores invandiu as narinas de Iara, seu corpo ficou leve. Sabia que estava entre mundos, não pisava em terreno firme, seus pés pareciam flutuar. A sacerdotisa ergueu o batão ornado de pedras, fitas e penas, traçando um símbolo acima de sua cabeça enquanto firmemente declarava:
- Honrando o Espírito desse local, o espírito de cada planta, de cada mineral, dos animais. Honrando o espírito de cada pessoa que aqui se encontra. O Senhor e a Senhora sejam bem vindos...
Iara não ouviu mais nada, de repente fora transportada para um lugar muito silencioso...em instantes se viu caminhando por uma estrada de luz...uma rampa luminosa até que, ao seu final, pode perceber que uma presença amiga a aguardava...A jovem não conseguia pronunciar palavra alguma, que pudesse expressar a alegria que sentia ao mirar os olhos da fada. Esta lhe estendeu sua mão...A moça sentia uma imensa vontade de nunca mais ir embora dali, e qual não foi a sua surpresa ao ouvir a fada em sua mente lhe falar:
- Terá que voltar querida! Terá que voltar....Você é uma de nós Iara, não o sabia até esse dia, mas de agora em diante estará cônscia de sua verdadeira natureza. Existem muitas mulheres em seu mundo, que também são metade fadas e não o sabem, intuem, mas, não o sabem. Sentem que são diferentes, os movimentos da Mãe Terra as afetam profundamente, são sensíveis ao simples desbrochar de uma flor. Percebem as muitas futilidades que existem em suas vidas, e que não as satisfazem, e ainda assim não conseguem se livrar delas. Sim, elas são mulheres fadas também, iguais a você, e sentem as mesmas ansiedades que você sempre sentiu.
Iara ouvia, mas, estranhamente não se sentia surpresa...
E a voz doce da fada continuou:
-Essas mulheres querida, sofrem por não realizarem seus sonhos amorosos, uma vez que é muito difícil encontrar em um parceiro humano, o amor sensível e generoso que buscam, portanto a solidão é uma dor. Mas ao mesmo tempo elas são felizes e satisfeitas, pois conseguem enxergar as belezas que a vida tem...

Trecho do livro O Círculo das Mulheres Fadas de Maria Inez Siqueira

Anne Scandell

4 comentários:

evanir disse...

O sonho natalino é a verdade de que Ele realmente nasceu por mim e por você, ai percebemos que não é só um sonho mais de todas a mais linda realidade do amor de Jesus.
Deus abençoe seu final de semana.
Beijos ternos e carinhosos ,Evanir.
www.fonte-amor.zip.net

Bruxinha da Noite disse...

Querida amiga, neste mundo passageiro temos nosso momento marcadinho pela sabedoria de nosso Pai Maior, mas esquecemos que somos seres humanos cheios de emoções e sentimentos! Por mais que tentemos superar nossas fraquezas e dificuldades, sempre teremos nossa emoção em primeiro lugar!
Cada um tem o seu limite e o seu momento certo para reagir a uma determinada situação, quanto amis dolorosa, mais tempo é preciso para cicatrizar as feridas!

Lamento por suas perdas, mas confie em Jesus e tenha muito amor no coração e esperança!
É dificil, sei! Pois já estive nesta situação e muito me dói ainda! Com o tempo aprendemos a conviver com ela lado a lado!
Mas encontramos motivos para continuar e lutar por nossa felicidade e por nossa vida!
Então hoje deixo-a com as energias benfazejas dos Ciganos da Estrada e da Cigana do Amor para que lhe banhem seu caminho e derramem sobre vc e sues familiares muita paz e serenidade!!!!

Se precisar, pode contar com esta tua amiga Bruxinha!!!! rsusus

Muitos bjinhos carinhosos e não esqueça quando puder de ir na festinha se distrair um pouquinho e trazer pseu presentinho junto!!! Bjinos carinhosos em seu coração!!!!

O link da festa está a esquerda, em Tenda FEsta!!!!!

Erica disse...

Boa Tarde, amiga vim deixar um enorme beijo a você
e lhe convidar pra conhecer meu blog de natal
e oferecer meu presente de natal que está no post
uma linda semana

Fada Dinarah disse...

Obrigadinha por sua visitinha fiquei muito feliz pelo depoimento que deixou pra mim...beijo grande e adoro vê-lá voando no meu cantinho!!!